Universidade Feevale terá curso de Odontologia

Após visita à Universidade Feevale, na última semana, avaliadores do Ministério da Educação (MEC) atribuíram conceito máximo – 5 – ao projeto do curso de Odontologia da Instituição. A comissão avaliou, in loco, três dimensões da graduação proposta pela Universidade: Organização Didático-pedagógica, Corpo Docente e Tutorial e Infraestrutura.

A Feevale aguarda a publicação da portaria no Diário Oficial da União para poder ofertar a graduação e iniciar o processo seletivo dos futuros estudantes. Com a autorização do curso, a Instituição poderá ofertar 100 vagas por ano, com ingresso semestral a partir de processo seletivo. Além disso, poderão ingressar na graduação estudantes transferidos de outros cursos, de outras instituições de ensino e portadores de diploma de curso superior, conforme o cronograma e a disponibilidade de vagas.

A coordenação será da professora Annie Pozeczek Koltermann Saccol. Para reitora Inajara Vargas Ramos, foi uma especial satisfação e orgulho haja vista estar entregando a gestão e o cargo de reitora com mais este processo concluído com desempenho máximo.

A marca da nossa gestão, centrada na execução de um projeto pedagógico claro, inovador e de excelência se ratifica com mais esta conquista. Os avaliadores foram só elogios à estrutura curricular e comentaram que uma vez implantado este projeto assim como foi concebido, por certo ele será uma referência aos demais cursos de Odontologia do país”, afirma.

O curso atuará em apoio à rede formada pela Política Nacional de Saúde Bucal (PNSB) – Brasil Sorridente, desenvolvendo atividades de prevenção, promoção e recuperação da saúde bucal da comunidade. Assim, atenderá à demanda local por procedimentos odontológicos especializados, contribuindo com o processo de encaminhamentos em nível secundário e terciário de atenção em saúde bucal do município e região. A cidade de Novo Hamburgo, por exemplo, possui uma cobertura de saúde bucal, na rede pública de saúde, de 33,34%. Se considerada somente a Estratégia de Saúde da Família, tem-se uma cobertura de 5,54 %.

Foto: reprodução | Fonte: Assessoria

Related Post