Segurança pública é tema de reunião em Canela

A Câmara de Vereadores de Canela recebeu, na noite de quarta-feira (18), o 3º Encontro de Entidades Não Governamentais de Canela. O evento que é organizado pelo Poder Executivo, em parceria com associações de moradores, entidades assistenciais e culturais.

O grupo está sob coordenação do assessor executivo da secretaria de Assistência, Desenvolvimento Social, Cidadania e Habitação, Irineo Grings, sendo que desta vez a pauta central dos debates foi a “Segurança Pública”.  Os trabalhos foram conduzidos pelo secretário de Governança, Planejamento e Gestão, Vilmar Santos, contando com a participação do delegado Vladimir Haag Medeiros, titular da Delegacia de Canela e da capitã Cláudia Maldaner, comandante do 1º BPAT – Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas que atua em Canela e outros municípios da região.

“A segurança pública não é apenas um problema do Estado, mas sim de todos nós. Temos que buscar soluções em conjunto para enfrentar estes problemas, envolvendo a comunidade, poderes Executivo e Legislativo, Brigada Militar e Polícia Civil”, comentou o secretário Vilmar Santos, lembrando que a Prefeitura de Canela deve implantar em breve um sistema de videomonitoramento na área central da cidade e principais acessos ao município. “É preciso investir e desenvolver políticas públicas eficazes na área da segurança pública”, avalia.

Na ocasião, as autoridades policiais também apresentaram números da criminalidade em Canela. “Os índices envolvendo crimes diversos estão caindo e as prisões aumentaram consideravelmente nos últimos anos. Estamos no caminho certo, mas a situação ainda segue preocupante, principalmente em relação ao tráfico de drogas”, disse o delegado Vladimir Medeiros. Segundo Cláudia Maldaner, Canela é a cidade da região que mais sofre com a falta de efetivo, já que muitos policiais militares se aposentaram e não houve reposição. Por outro lado, é o município que registra o maior número de prisões.

Foto: divulgação | Fonte: Assessoria

Related Post