Secult abre o acesso de Novo Hamburgo à plataforma Mapas Culturais

Na noite de quinta-feira (12), a Secretaria Municipal da Cultura (Secult) lançou Novo Hamburgo na plataforma Mapas Culturais. A novidade tecnológica foi apresentada durante encontro aberto à comunidade no Centro Municipal de Cultura. Coletivos, agentes artísticos e entidades conheceram a ferramenta que visa a dar visibilidade a destacados artistas da cidade em suas mais diversas manifestações criativas. Também marcaram presença na oportunidade a secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Roberta Gomes de Oliveira, e o secretário de Segurança, General Roberto Jungthon.

O ambiente virtual da Mapas Culturais é gratuito, de fácil acesso e de livre informação, além de colaborativo, buscando estimular a divulgação de projetos, espaços e eventos culturais, gestores, produtores e nomes locais das artes. A plataforma é um sistema digital de mapeamento da Secult, desenvolvido pelo Instituto Tim em parceria com o Ministério da Cultura.

A plataforma fornece localizações por mapeamento e tem como foco a interatividade. “A ferramenta permite uma relação de ponta a ponta, sem a mediação da Secult”, explica o secretário municipal de Cultura, Ralfe Cardoso. “Serão os próprios agentes que irão abastecer o Mapa Cultural de Novo Hamburgo, assim como o seu monitoramento de conteúdo.”

De acordo com o secretário, o mapa permitirá que o Município busque estabelecer indicadores na área e fortaleça o desenvolvimento econômico da Cultura. Para saber como se cadastrar, acesse o site.

Foto: divulgação | Fonte: Assessoria

 

0 Comments

Related Post