Santa Cruz realiza, pelo sexto ano, o Dia Nacional da Construção Social

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por meio do seu Fórum de Ação Social e Cidadania (FASC), e o Serviço Social da Indústria (Sesi), vão promover, dia 19 de agosto, a 11ª edição do Dia Nacional da Construção Social (DNCS), ação que se consolida para o setor como símbolo de responsabilidade social. Em Santa Cruz do Sul, numa parceria entre Sinduscon-RS e Sesi, o DNCS acontecerá pelo sexto ano consecutivo, no Centro Esportivo do Sesi, no Bairro Arroio Grande.

A expectativa é reunir em torno de 800 pessoas, entre trabalhadores da indústria da construção e familiares. O evento de lançamento ocorreu na noite da última quarta-feira (12), na sede do Escritório Regional Vale do Rio Pardo do Sinduscon-RS, com a presença de autoridades, convidados e imprensa.

Das 13h30 às 17 horas, estão previstas diversas atividades. Com o apoio de diversas entidades locais, serão oferecidos gratuitamente serviços de saúde, lazer e cidadania, com a participação de diversas empresas e entidades, bem como realizados sorteios de brindes e apresentações artísticas. O acesso é gratuito para trabalhadores e familiares, mas os convites precisam ser retirados com antecedência (a partir do dia 8 de agosto) junto ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Santa Cruz do Sul.

Com o slogan Minhas escolhas, meu país, o DNCS 2017 pretende mostrar que as escolhas de cada indivíduo podem fazer a diferença. O objetivo é empoderar o cidadão, mostrar que ele pode ser a transformação que deseja ver no país, criando uma grande corrente para fazer com que os bons não se sintam sós, uma corrente capaz de disseminar uma atitude positiva e construtiva.

“Estamos unindo esforços para realizar mais um grande evento para os colaboradores da construção e seus familiares”, destacou o vice-presidente e coordenador do Escritório VRP, Carlos Augusto Gerhard, durante o lançamento. O evento também foi prestigiado pelo gerente de Operações do Sesi de Santa Cruz e Santa Maria, Saulo Oliveira.

Em 2016, o DNCS foi realizado em 32 localidades do país, com mais de 264.770 atendimentos, beneficiando mais de 69.032 pessoas. Contabilizando os dados a partir da primeira edição, em 2007, verifica-se que o projeto realizou mais de 3,5 milhões de atendimentos para 700 mil pessoas espalhadas por todo o território brasileiro.

Em Santa Cruz, em 2016, foram mais de 800 participantes, que puderam realizar corte de cabelo, massagem, além dos exames rápidos de glicose, tipagem sanguínea, tuberculose, hepatite e HIV. Já as crianças, aproveitaram a praça de brinquedos infláveis, pintura de rosto, ponte de cordas, escolinha de trânsito, oficina de pop cakes, escovódromo, entre outros.

Créditos da foto: Junio Nunes/Divulgação
Fonte: Assessoria

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *