Santa Cruz do Sul autoriza projeto piloto de tecnologia de reconhecimento facial para segurança

Com o objetivo de coibir e de identificar comportamentos suspeitos em espaços públicos, a Kopp Tecnologia, com autorização da Prefeitura de Santa Cruz do Sul, irá instalar equipamentos que podem prevenir possíveis crimes contra o patrimônio público e, especialmente, contra pessoas. O projeto, que promete ser pioneiro no Brasil, foi apresentado na segunda-feira, 10, ao prefeito Telmo Kirst, e ao secretário de Segurança, Henrique Hermany.

Segundo os engenheiros da Kopp, o sistema foi trazido de Israel e tem tecnologia semelhante à utilizada na Copa do Mundo no Brasil. Santa Cruz do Sul será o primeiro município do estado a ser contemplado com essa tecnologia. Inicialmente funcionando como projeto piloto, e sem custos para o município, o aparelho será implantado no Lago Dourado e em outros pontos estratégicos da cidade.

O prefeito Telmo Kirst agradeceu à empresa por escolher Santa Cruz para essa fase experimental. “Estamos bem na área de segurança, mas vamos aprimorar”, afirmou.

Segundo Hermany, o monitoramento estará vinculado a todos os órgãos de segurança do Município. “Vamos avançar nesse projeto, discutindo com as demais forças de segurança e, em especial, com Brigada Militar e Polícia Civil, sobre como a tecnologia poderá agregar ao videomonitoramento já existente”, explicou. Um termo de parceria será assinado entre a Prefeitura e a Kopp Tecnologia para o desenvolvimento do projeto. A previsão é de que seja implantado em 60 dias.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria

 

Related Post