Prefeitura de Gramado economiza mais de R$ 8,3 milhões com redução de CCs

Em 18 meses, a Prefeitura de Gramado economizou mais de R$ 8,3 milhões com a redução dos Cargos em Comissão (CCs) e das Funções Gratificadas (FGs). Cumprindo um compromisso assumido ainda durante a campanha, a administração Fedoca economizou, por mês, aproximadamente R$ 427 mil aos cofres públicos. O cálculo inclui folha líquida, encargos, 13º salários e férias.
“Demos um limite para os gastos com pessoal e transformamos um compromisso de campanha em um princípio de governo. O resultado é este: uma economia de mais de R$ 8 milhões de janeiro de 2017 a junho de 2018, compensando a queda de receitas oriundas de transferências da União e do Estado, por exemplo”, garante o Prefeito João Alfredo Bertolucci, o Fedoca.

Um outro dado mostra o impacto dessa economia anualmente, segundo o levantamento feito pela Secretaria da Administração. Em 2017, a folha de pagamento dos CCs da atual gestão foi de R$ 13.242.258,59. Em 2016, o custo total com a folha dos CCs foi de R$ 16.078.016,54.
Na prática, a conta é simples: mesmo com o reajuste de 7% aos servidores públicos, concedido em março de 2017, a administração Fedoca cortou R$ 2,8 milhões da folha de pagamento dos CCs somente em um ano.

Redução de CCs – A redução dos Cargos em Comissão (CCs) da administração Fedoca com relação à gestão anterior é de 28% – dimuindo de 239 em agosto de 2015 para 172 em agosto de 2018, 67 cargos a menos.

Segundo o Secretário da Administração, Julio Dorneles, paralelamente ao corte de gastos com cargos em comissão, existe o esforço da Prefeitura em melhorar uma série de procedimentos administrativos, garantindo a qualidade da execução do serviço público. “A economia dos recursos públicos mostra a responsabilidade desta administração. Simultaneamente, revimos diversos processos relacionados ao serviço público para que conseguíssemos fazer mais com menos, garantindo o atendimento à comunidade”, destaca o Secretário.

Os números

– Economia de R$ 8,3 milhões em 18 meses de governo com a redução de CCs e FGs;
– Redução CCs: Em agosto de 2015 eram 239. Atualmente, em agosto de 2018, são 172 – 67 a menos.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria

Related Post