Pelotas recebe primeira unidade da rede de ensino Kumon

Pelotas foi a cidade escolhida para receber mais uma unidade do Kumon – maior rede de franquia educacional do País. A inauguração faz parte do plano de expansão da marca, que este ano completa 40 anos no Brasil e tem o foco em aumentar suas operações em todo o estado.

Com material autoinstrutivo e orientação individualizada, o ensino de componentes curriculares como matemática, português, inglês e japonês desenvolve nos alunos a capacidade em aprender por si só. Além disso, com os exercícios como os de raciocínio lógico e interpretação, o método procura estimular habilidades como a independência, responsabilidade, além de ajudar na concentração. O curso oferece conteúdos que vão da pré-escola até o ensino superior, para alunos de todas as idades.

“Acompanhar a evolução das crianças foi a inspiração para que eu desejasse me tornar uma orientadora do Kumon, disse Camila Aparecida Albano. “A qualidade do material didático, a organização, a independência e o entusiasmo dos alunos na construção do seu próprio conhecimento foram pontos que me chamaram a atenção. Uma das coisas que mais me traz satisfação na vida é poder ajudar as pessoas a se desenvolverem por meio do conhecimento”, disse Camila.

Com um investimento inicial, que pode variar de R$ 35 mil a R$ 50 mil, é possível se tornar um franqueado da marca. O Kumon ocupa o oitavo lugar no ranking de maiores redes de franquias no Brasil, está presente em 50 países e conta com mais de 4 milhões de alunos.

Sobre o Kumon
Criado no Japão em 1958, pelo professor Toru Kumon, o método utiliza os chamados exercícios-guia para que o aluno realize as atividades com o mínimo de intervenção do orientador. Somente após absorver totalmente a informação, avançam para os níveis subsequentes. “O aprendizado segue na simplicidade do papel e lápis. O que se escreve de próprio punho não se esquece, e é isso que faz com que o Kumon esteja em tantos países”, diz Masami Furuta, presidente da empresa no Brasil. O método está presente em 50 países e reúne 4,35 milhões de estudantes. No Brasil, são aproximadamente 1500 unidades em 550 cidades, somando mais de 160 mil alunos, dos 180 mil na América do Sul.

Fonte: Assessoria

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.