Madero cresce 67% em faturamento no último ano

O ano de 2017 foi de crescimento da rede Madero, podendo ser considerada como uma das maiores redes de “casual dining” do país. Além de ultrapassar o número de 110 restaurantes espalhados pelo Brasil – e um deles em Miami (EUA) -, e lançar uma nova marca, o Jeronimo Smash Burger, a rede de restaurantes obteve crescimento de 67% em seu faturamento, alcançando a notável marca de R$ 510 milhões, valor expressivo considerado o momento extremamente desafiador da economia brasileira. Novo Hamburgo, Igrejinha e Canoas são algumas das cidades que fizeram parte do plano de expansão da rede no ano passado, ao entrar em operação nas cidades.

Para Junior Durski, chef, fundador e presidente do Madero, o segredo para crescer no cenário de crise, além de um posicionamento inovador e claro, é o foco implacável na combinação alta qualidade dos produtos mais preços honestos, além de uma cadeia produtiva praticamente 100% verticalizada.

Segundo ele, esses conceitos ajudam a garantir excelência em todas as etapas do processo e a melhorar os custos. “Para este ano, nosso planejamento é ultrapassar a marca de R$ 1,1 bilhão em faturamento e gerar mais de 1700 novos postos de trabalho, passando dos atuais 3700 funcionários para 5400”, revela o empreendedor. O grupo ainda prevê o lançamento de três novas marcas ainda nesse primeiro semestre.

A expansão do Madero, rede do setor de alimentação que mais cresceu no país em 2017, segundo a Deloitte/Exame, consolidou sua presença em estados como São Paulo (13 restaurantes), Minas Gerais (4) e Rio Grande do Sul (6) e expandiu sua atuação na região Norte, com a chegada do Madero Container Capim Dourado Shopping, em Palmas, capital do Tocantins. Hoje, o Madero está presente em 13 estados e 62 cidades no país. Ao longo de 2017, foram abertas 18 restaurantes do modelo container, 11 do steak house e uma do modelo burger.

O Madero vai continuar sua forte expansão em 2018, com previsão de inauguração de 29 novos restaurantes, sendo 15 no modelo container e 14 steak houses.

Foto: Marco Torelli/Divulgação | Fonte: Assessoria

Related Post