Incubada no Feevale Techpark é homologada

A Arquea Biomass Energy é uma das empresas incubadas no Feevale Techpark. Desenvolve soluções para utilização de resíduos orgânicos para geração de energia, biocombustíveis e produtos e, recentemente, foi homologada oficialmente como consultora da União Europeia para o setor de biogás, biometano e gerenciamento de resíduos. A seleção é resultado do programa Low Carbon Business Action Brazil.

O programa é uma iniciativa financiada pela União Europeia e que visa envolver as Pequenas e Médias Empresas (PME) do Brasil e de 28 estados membros daquele país. A proposta é promover o intercâmbio de experiências inovadoras, apoiando as empresas na sua transição para tecnologias de baixo carbono e processos eficientes de recursos dentro dos subsetores alvo da ação e de áreas relacionadas, que contribuem principalmente para as emissões brasileiras de Gases de Efeito Estufa (GEE).

Dentro desse programa, a Arquea em parceria com outras empresas nacionais e holandesas teve, também, três projetos aprovados, que receberão recursos da União Europeia para seu desenvolvimento no Brasil. “Esses projetos envolvem estudos de viabilidade para a utilização de resíduos de suínos e frigoríficos como biomassa para geração de energia elétrica e/ou biometano. Também contemplam um estudo de viabilidade para utilização de gás de aterro com potencial para geração de energia e, por fim, desenvolvimento no Brasil, do micro biorreator (biodigestor de pequena escala para uso doméstico e pequena escala comercial/industrial) que vem sendo prototipado e desenvolvido na Holanda em parceria com a Organização Holandesa para Pesquisa Científica Aplicada (TNO)”, detalha Francisco Tomazoni Neto, sócio fundador da Arquea.

Foto: Reprodução | Fonte: Assessoria

Related Post