Hepatite é o tema de websérie do Ministério da Saúde

A hepatite, doença que pode viver “escondida” dentro do corpo humano, é o tema do mais novo episódio da websérie Viva Mais SUS, campanha integrada desenvolvida pela agência brasiliense Fields360. O vídeo traz como personagem principal Glen, um homem de 55 anos que se descobriu portador do vírus da hepatite mesmo sem nenhum sintoma visível.

A história real contada no episódio evidencia a importância da realização de exames de rotina para descobrir a doença ainda nos estágios iniciais. Glen descobriu que tinha o vírus da hepatite C ao tentar doar sangue, e teve que passar por 3 ciclos de tratamento de até 1 ano cada para se curar. A websérie Viva Mais SUS conta histórias de pessoas impactadas pelos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde, ampliando o conhecimento em relação à atuação do serviço e como ele está presente em todos os momentos da vida dos brasileiros.

As histórias são contadas de forma realística, para que o público, além de ampliar o conhecimento sobre a atuação do SUS, se identifique com as personagens. Assim, o episódio busca conscientizar outras pessoas sobre a hepatite, a importância de sua identificação precoce e o tratamento.

Em seus 30 anos de atuação, o SUS já beneficiou mais de 200 milhões de pessoas, com diversos atendimentos feitos. Por isso o projeto Viva Mais SUS, com suas webséries de 16 episódios, tem o objetivo de mostrar histórias reais de pessoas que já contaram com o apoio e os serviços oferecidos pelo SUS. Em episódios anteriores, a campanha já abordou os temas doação de sangue, microcefalia, doação de leite materno e obesidade infantil.

A websérie está disponível no site . Para cada um dos temas, o portal traz uma série de informações relacionadas ao assunto, para que a população tenha conhecimento e dimensão.

Foto: Reprodução | Fonte: Assessoria

Related Post