Hamburgerberg Fest traz cultura e atrações a Novo Hamburgo

Um ambiente cultural com diversidade e muita movimentação. Assim foi a 21ª edição da Hamburgerberg Fest, realizada nos dias 20 e 21 de outubro, no Centro Histórico de Hamburgo Velho, em Novo Hamburgo.

As pessoas vieram com o espírito da festa, para conviver, assistir belas apresentações, sentar com familiares e amigos, se divertir e poder curtir um patrimônio que é seu”, comemora Ângelo Reinheimer, coordenador geral do evento.

O bairro de Hamburgo Velho é o único sítio histórico de origem alemã tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e guarda a história do surgimento da cidade.

Um dos resultados foi a visitação na Fundação Scheffel, que abriga o Museu de Arte Scheffel e o museu histórico Casa Schmitt-Presser, localizados lado a lado na avenida Gal. Daltro Filho: quase oito mil visitantes registrados nos dois dias.

“Se considerarmos que muitas pessoas não assinam os livros de presenças, podemos falar em um número ainda maior, oportunizando que muitas pessoas conhecessem nossos espaços”, ressalta o coordenador, que também é o Curador da Fundação Scheffel. A média normal de visitas registradas é de duas mil pessoas por mês, ou seja, o final de semana da festa reuniu o equivalente a quatro meses de visitação.

Novidade no evento, o Biergarten – jardim da cerveja – teve aprovação total. Um ambiente descontraído, com mesas, cadeiras e áreas livres para quem queria degustar pratos e cervejas especiais, ou simplesmente curtir a festa. O novo espaço foi abastecido pela cervejaria artesanal Clandestina, harmonizado com pratos inspirados na culinária alemã.

A parceria com o Movimento Viva a Música também foi uma novidade desta edição e recheou a tarde de sábado com atrações musicais nos museus e palcos da festa, se encerrando com o show de Wander Wildner. A Hamburgerberg Fest teve, ainda, o cinema de rua com sonoplastia ao vivo (foto), além da feira de antiguidades e raridades.

Já a área de gastronomia garantiu grande movimentação, com comidas para todos os gostos e cervejarias artesanais. “Só tenho a elogiar, fiquei impressionada com a organização, tudo funcionou muito bem e o público foi maravilhoso”, resume Lisiane Pires Bortoli, que vendeu todo o estoque de açaí no evento.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria

Related Post