Gramado Film Market pauta o uso de inteligência artificial na indústria cinematográfica

Em sua segunda edição, o Gramado Film Market – braço do Festival de Cinema de Gramado que se propõe a aproximar talentos do audiovisual e atacar gargalos do mercado produtor – vai trazer para a serra gaúcha tecnologia de ponta voltada para a indústria criativa.

Em 2018, a programação voltada aos negócios no segmento, vai abordar desde a aplicação de inteligência artificial na busca por maior rentabilidade das produções (a partir da conversa com Laura Peláez, da espanhola Optimifilms), até o uso de códigos de rastreabilidade das obras ao redor do mundo. Serão dois dias de atividades, entre 21 e 22 de agosto – a programação completa está no site.

“A conversa vai ser muito tecnológica, mas ao mesmo tempo não vamos deixar de pensar sobre a magia das salas de cinema”, explica a organizadora do GFM, Gisele Hiltl.

Mas mesmo quando o assunto é a tradicional forma de consumo audiovisual, a tecnologia impera. O Gramado Film Market vai receber representantes de três importantes cadeias exibidoras – o Itaú Cinemas e o grupo GNC, do Brasil, além do mexicano Cinépolis – para refletir sobre as “salas de exibição do futuro”. “No Brasil, dois cinemas, um no Rio e outro em São Paulo, estão trabalhando com as sensações do espectador na poltrona, então queremos nos perguntar sobre que tipo de resultado o espectador teria e o que é necessário para acertar”, revela Gisele.

Na outra ponta, a tecnologia do vídeo on demand (VOD) – utilizada por plataformas como Netflix – receberá muita atenção, com convidados que oferecem serviços de acesso e distribuição tanto na América Latina como nos demais continentes. A ideia é provocar os produtores para que pensem saídas múltiplas de seus conteúdos: “Queremos debater os caminhos da exibição. Hoje, um projeto audiovisual precisa ser pensado desde a sua criação até a sua versão final mirando as possibilidades de comercialização, trazendo um olhar integrado com a cadeia inteira”, observa a organizadora do GFM.

Diante das múltiplas possibilidades de exibição dos produtos audiovisual, o Gramado Film Market também dará visibilidade ao processo criativo, oferecendo seminários e oficinas de roteiro para quem quer atuar ao mesmo tempo em cinema e TV. “No fim das contas, todos contamos historias, então oferecemos um mergulho no tratamento desses conteúdos, para que os produtores alcancem uma linguagem muito clara desde a hora que escrevem o roteiro, até a venda, algo que permeia toda a estrutura do projeto”, complementa a organizadora.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria

Related Post