Fundação Iberê Camargo inaugura exposição Unânime Noite

No próximo sábado, 10 de março, a Fundação Iberê Camargo inaugura a exposição Unânime Noite – Volume 3, que traz obras – muitas delas inéditas – de cerca de 30 artistas contemporâneos, referências nas artes visuais locais e mundiais. Inspirada nos jogos surrealistas e na literatura de Jorge Luis Borges e Julio Cortázar, a mostra questiona os limites da linguagem e a autoria, num instigante desafio narrativo.

Uma ampla programação paralela está prevista durante os fins de semana em que a exposição fica em cartaz, até o dia 6 de maio. O Cabaret Unânime Noite será uma experiência noturna pontuada por atrações que envolvem música, performance, cinema e leituras, inspiradas pela carga de excitação e mistério presentes na ficção. Ao longo da noite e das apresentações, o público poderá saborear drinks servidos no átrio e área externa.

Além dos Cabarets, a Fundação promoverá uma série de atividades paralelas, como saraus e seminários para discussão de temas da exposição, e o Cine Iberê, com filmes que ampliam as reflexões sobre a proposta da mostra. O Seminário O Império dos Sonhos – Loucura, Fantasia e Surrealismo – que será realizado sempre aos sábados, às 16h – vai promover conversas, leituras e debates em torno da noite, da loucura e do absurdo, com convidados como o artista visual Daniel Jablonski, o curador Leo Felipe, a escritora e jornalista Veronica Stigger, o artista Pablo Uribe, entre outros nomes a confirmar.

No fim de semana de abertura, às 16h do sábado, 10 de março, acontece o primeiro encontro do Seminário, com o artista Daniel Jablonski, que vai abordar o tema O sono, o sonho, Freud e as noções de ócio e produtividade. Jablonski é artista visual, professor e pesquisador independente. Sua produção multifacetada, conjugando teoria e prática, investiga o lugar do sujeito na formação de novas mitologias e discursos do cotidiano.

No domingo, 11, também às 16h, o Cine Iberê traz o filme Mulholland Drive: Cidade dos Sonhos, de David Lynch. A sessão será comentada pelo roteirista, diretor e produtor cinematográfico Gilson Vargas. A exibição integra o programa Noturnal – atividade cinematográfica paralela à exposição Unânime Noite, e tem curadoria de Marta Biavaschi.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria

Related Post