Feevale e PMNH assinam convênio visando a prevenção ao risco de desastres ambientais

A Universidade Feevale assinou na semana passada, dia 19, um convênio com a Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo. Por meio do projeto social Atuação em Desastres Naturais da Instituição, será realizada uma ação conjunta para atuar na prevenção ao risco de desastres ambientais no município, a partir da formação de agentes mirins de defesa civil. A assinatura do convênio aconteceu na sede do executivo municipal e contou com a presença do pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão da Feevale, João Sganderla Figueiredo, da coordenadora do projeto, professora Danielle Paula Martins, e do secretário de Administração, Lineo Baum.

“Esse convênio é de suma importância para ambas as partes, pois demonstra a união de variáveis como o ensino, o poder público e a comunidade, na tentativa de trabalhar em cima de um assunto que tem muita relevância na cidade e, também, no país”, disse Danielle. Sganderla comentou sobre o fato de o município ter 11 áreas de risco e o aumento gradativo desses ambientes. “Este é mais um projeto que temos com a Prefeitura que vem ao encontro da essência da Universidade: a formação em qualquer esfera. E, neste caso, estamos trabalhando na base, na educação mirim, o que torna ainda mais importante o empenho de todos”, falou.

Baum destacou que o reforço da parceria possibilitará à comunidade uma participação mais ativa com relação ao serviço da Defesa Civil. “Teremos agentes mirins atuando junto à Defesa Civil. E eles buscarão informações sobre estudos e desastres naturais que acontecem em nossa cidade. Isso mostrará a todos o funcionamento do trabalho realizado”, explicou.

Sobre o projeto

As atividades do projeto acontecem desde 2016 em áreas vulneráveis a desastres e mapeadas como locais com riscos ambientais, nos bairros São José e Diehl, e contam com a participação de professores, bolsistas e voluntários dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Ciências Biológicas, Ciência da Computação, Direito e Gestão Ambiental. Além disso, o projeto, que é vinculado à Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão (Proppex), promove a indissociabilidade entre pesquisa e extensão.

Foto: Jauri Belmonte/Universidade Feevale | Fonte: Assessoria

Related Post