Estudantes gaúchos ganham medalhas na Olimpíada Nacional de Matemática

O Instituto Maria Auxiliadora (IMA), de Porto Alegre, comemora com alunos e famílias a premiação da OBMEP 2017, a 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas. O reconhecimento Integra o Programa de Iniciação Científica desenvolvido pela organização de pesquisa em matemática com reconhecimento internacional Impa, o Instituto de Matemática Puro e Aplicada, na esfera do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

O orgulho e a vibração das famílias estão sendo comemorado neste mês junto com o Impa, visto que neste ano houve recorde de inscrições e a participação de escolas particulares pela primeira nesta competição estudantil que é a maior do país. Estiveram inscritos 4.473 colégios particulares.

Do IMA, foram premiados os alunos Henrique Ries de Souza Carbone (sexto ano, medalha de bronze), Camilly Vitoria Cansan Loss (sétimo ano, menção honrosa) e João Pedro Flores (nono ano, menção honrosa), com a orientação da professora Fernanda Linck. No total, os alunos de escolas particulares estão recebendo 76 medalhas de ouro, 227 de prata, 682 de bronze e 5,7 mil menções honrosas.

A olimpíada integra o calendário de atividades do Biênio da Matemática do Brasil 2017-2018, que tem patrocínio do BNDES e apoio dos ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Educação. Criada em 2005 pelo Impa, a OBMEP tem como metas estimular o estudo da Matemática, revelar talentos – incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas – e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

Foto: Assessoria | Fonte: Assessoria

Related Post