Acadêmicos desenvolvem campanha em prol do Lar São Vicente

Unir o aprendizado adquirido em sala de aula com a experiência do mercado de trabalho. Esta é a proposta de trabalho da disciplina de Projeto III, do curso de Publicidade e Propaganda, da Universidade Feevale, que desenvolveu, no primeiro semestre de 2018, uma campanha para ajudar o Lar São Vicente de Paula, de Novo Hamburgo.

Vídeos e cartilhas, que já estão sendo divulgados nas redes sociais da entidade, foram produzidos por mais de 30 acadêmicos, com o intuito de convidar a comunidade para contribuir com doações para o Lar, que passa por dificuldades – principalmente financeiras – para manter sua estrutura. “Fiquei satisfeito e feliz em ver o engajamento e a produção dos estudantes, pois esse é um tipo de cliente com o qual não estamos acostumados a lidar. E são nessas situações que vemos a capacidade do estudante e como ele tem assimilado todo o processo didático ensinado nas aulas”, disse o professor disciplina, André Conti Silva.

Para a acadêmica Scarleth Ribeiro Duarte, que está no quarto semestre do curso, foi uma experiência profissional enriquecedora. “Quando o professor disse que o Lar São Vicente seria nosso cliente, fiquei muito entusiasmada. Ao longo do tempo, com o desenvolvimento do briefing, tornou-se uma experiência transformadora, falando pessoalmente. O aprendizado foi muito válido, em todas as etapas, além do pessoal do Lar,que sempre se colocou à disposição para nos atender em tudo que precisávamos”, explica.

Entre cozinheiros, enfermeiros e cuidadores, o Lar contabiliza 40 funcionários, que têm suas escalas revezadas uns com os outros, para que os 49 idosos residentes tenham assistência 24 horas por dia. Residente no há três anos, Maria Lori Dietrich, de 73 anos, comentou sobre o trabalho desenvolvido pelos estudantes. “Achei muito bonito, gostei de me ver ali. Essa campanha com certeza nos ajudará, pois o Lar tem muitas despesas”, falou. Fundada em 1989, a entidade já abrigou mais de 500 pessoas. “Temos uma parceria incrível com a Feevale, e esse material produzido, em especial, veio em boa hora. A entidade passa por muitas dificuldades, seja para manter a estrutura física quanto para outras necessidades. Por isso, toda doação e ajuda de voluntários será sempre bem-vinda. O Lar precisa estar em evidência”, disse a presidente da entidade, Pâmela Campos.

“É um momento em que o aluno tem mais liberdade para desenvolver aquilo que lhe foi proposto, aplicando o conhecimento adquirido na academia. Deparar-se com um cliente que não tem verba não é tarefa fácil, tanto para acadêmicos quanto para professores. É necessário conciliar a teoria e a prática, buscando um bom resultado. A soma disso tudo deixou a todos felizes, pois atendemos às expectativas. Todos poderão ver o trabalho nas redes sociais”, finaliza Conti. Os vídeos e cartilhas produzidos pelos acadêmicos podem ser conferidos nas redes sociais do Lar São Vicente.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria

Related Post